Category Archives: Vegetarianismo

O que me fez mudar – Documentários

Foi depois de alguns dias a assistir a alguns documentários que decidi mudar a minha alimentação. A decisão foi tomada rapidamente e com consciência: não iria comer mais carne nem compactuar com todo este sofrimento. Fiquei abismada com a forma como a industria alimentar funciona e triste por não ter descoberto mais cedo. Mas como nunca é tarde para mudar comecei a pesquisar sobre vegetarianismo para que pudesse fazer a mudança de uma forma saudável. Mais tarde publicarei sobre os livros e artigos que me ajudaram a descobrir este estilo de vida. Por hoje, deixo-vos com os documentários que fizeram toda a mudança na minha forma de ver a comida 🙂

Podem assistir ao documentário ou trailer clicando na imagem.

Cowspiracy                                 Earthlings 

(trailer)                                                       (completo)

20140417173626-cowspiracy_poster

earthlings

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Fat, Sick and Nearly Dead       Food, Inc. 

(completo legendado)                        (completo legendado)

Fat-Sick-Nearly-Dead-Featured

Food_inc

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Food Matters                              Forks over Knives 

(trailer)                                                       (trailer)

food matters

Forks Over Knives

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Hungry for Change                    Meat the Truth

(trailer)                                                        (completo legendado)

hungryforchange

poster_meat_the_truth_international-1

.

.

.

.

.

.

.

.

.

Vegucated (completo)

vegucated

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under Recursos

Como obténs proteína?

protein-cartoon71

Quando uma pessoa se torna vegetariana, uma pergunta que ouve constantemente é “como obténs proteína?”, como se a única forma de obter proteína fosse através da carne. Claro que todos nós precisamos de proteína na nossa vida, mas não precisamos de tanta como a sociedade faz querer parecer. Acho que as pessoas estão preocupadas com não obter proteína suficiente porque a sociedade e os meios de comunicação insistem na ideia de que é necessário consumir grandes quantidades de proteína para poder ser saudável. Se pensarmos sobre o assunto, nunca se ouviu falar de alguém com deficiência de proteína. Não vamos morrer, não vamos perder os nossos músculos e não vamos desmaiar no meio da rua por não obter proteína “suficiente”. Nós, humanos, ingerimos muitos alimentos diariamente, dos quais a maioria contem proteína. Assim, mesmo que uma pessoa só esteja a comer alimentos diários regulares (como frutas, legumes, feijões, nozes, lentilhas, etc) continua a receber proteína. Além disso, podemos obter toda a proteína que precisamos através das plantas.

Fontes de proteína de base vegetal:

  1. Tempeh (soja) –  41g por copo
  2. Lentilhas – 18g por copo
  3. Leite de soja – 11g por copo
  4. Edamame – 20g por copo
  5. Seitan – 19g por 1/3 copo
  6. Tofu – 20g por 1/2 copo
  7. Ervilhas – 9g por copo
  8. Arroz integral – 5g por copo
  9. Arroz branco – 4g por copo
  10. Brócolos cozidos – 4g por copo
  11. Sementes de girassol – 6g por 1/4 copo
  12. Quinoa – 9g por copo
  13. Espinafres cozidos – 5g por copo
  14. Abacate – 4g por copo
  15. Pão integral – 7g em 2 fatias
  16. Feijão preto – 15g por copo
  17. Casju – 5g por 1/4 copo
  18. Semola cozida – 8g por copo
  19. Sementes de chia – 5g por 2 colheres de sopa
  20. Sementes de linhaça – 4g por 2 colheres de sopa
  21. Bulgar (trigo) – 5.5g por copo
  22. Manteiga de amendoim – 8g por 2 colheres de sopa
  23. Manteiga de girassol – 5.5g por 2 colheres de sopa
  24. Batata vermelha – 3g por copo
  25. Cevada – 3.5g por copo

(fonte: http://www.care2.com/greenliving/25-vegan-sources-for-protein.html)

protein-intake

Então, basicamente, o consumo de proteína não é um motivo de preocupação. Todos nós a podemos obter através de alimentos de origem vegetal, e todos nós obtemos o suficiente. Penso que a verdadeira preocupação não devia ser com a “falta” proteína, mas com a proteína consumida em demasia na sociedade atual.

Deixe um comentário

Filed under Informações

O que leva alguém a ser vegetariano?

tumblr_static_tumblr_static_2mfrbs0v4mqsgww44woc0ksws_640

Há muitas razões que podem levar uma pessoa a ser vegetariana. Enquanto algumas pessoas o fazem apenas por uma razão, outras podem fazê-lo por um conjunto de razões:

Saúde – Muitas pessoas decidem ser vegetarianas pelos benefícios na saúde que este estilo de vida pode trazer. Claro que é possível, mesmo adotando uma dieta vegetariana, comer comidas não saudáveis, mas a maioria dos vegetarianos segue uma dieta saudável e equilibrada. A obesidade, as doenças cardiovasculares, a hipertensão e os problemas de digestão são alguns dos problemas que levam as pessoas a adotar este tipo de dieta. Os níveis de colesterol alto é também muitas vezes apontado como um dos motivos, visto que o colesterol vem maioritariamente dos produtos animais, as pessoas que reduzem ou eliminam a ingestão de produtos animais podem beneficiar com este estilo de vida.

Ambiente – Muitas pessoas sentem-se na obrigação de se tornarem vegetarianas quando percebem o que podem fazer pelo ambiente, pois uma dieta vegetariana  pode ajudar a proteger o ambiente de muitas formas: A água que podia ser utilizada para tantos propósitos, é utilizada em excesso para criar animais destinados a consumo humano. Além disso, a criação de gado para o consumo humano produzir grandes quantidades de metano, contribuindo para o aquecimento global. Uma dieta à base de produtos animais contribui também, ainda que indiretamente, para a desflorestação: metade das florestas tropicais foram transformadas em pasto de gado, ou em terrenos para a criação deste.

Ética – Há também quem decida adotar uma dieta vegetariana simplesmente porque se importa com os animais e respeita a vida animal. Consideram injusta e cruel a forma como são tratados os animais apenas para proveito humano.

Religião – O objectivo das religiões é o de purificar a mente e o corpo, por isso muitas religiões adotam uma alimentação onde o consumo de carne é limitado ou até mesmo inexistente.

1 Comentário

Filed under Informações